fbpx
Central de Vendas 4000-1691 comercial@tdsa.com.br
Chamar no WhatsApp

Toda clínica tem como foco atender aos seus pacientes, tratá-los da melhor maneira possível e usar todos os recursos disponíveis para poder oferecer o máximo de saúde possível para quem a procura. No entanto, também é importante ter em mente que a clínica precisa saber como trabalhar o Marketing Médico para criar um fluxo estável de clientes.

Normalmente, quando se fala de Marketing para clínica médica, é importante ter em mente que existem muitas regras do que pode ou não pode se fazer no segmento. Além disso, certas estratégias trazem melhores resultados, enquanto outras não funcionam tão bem assim. Por isso, é vital entender o que fazer para atrair pacientes de forma consistente na sua clínica médica.

Quer aprender como fazer Marketing Médico do jeito certo? Então siga a leitura do artigo abaixo!

5 estratégias de Marketing Médico que realmente funcionam

1. Entenda o que pode ou não pode ser feito no Marketing Médico

O primeiro passo para trabalhar adequadamente com o Marketing Médico é entender o que pode e não pode ser feito dentro desse segmento. Na prática, isso significa entender o que o Conselho Federal de Medicina permite e proíbe dentro da publicidade na área de saúde.

Um exemplo é que todas as ações de Marketing em redes sociais, por exemplo, devem vir com os dados do responsável técnico pela clínica, incluindo seu registro no CFM. 

Além disso, não é permitido fazer propaganda com base em preço, nem divulgar tecnologias que não foram comprovadas cientificamente e muito mais. Por isso, é essencial entender bem quais são as restrições e qual é o caminho permitido para andar por esse cenário sem sofrer com punições de ética.

2. Use o Marketing de Conteúdo a favor da sua clínica

O setor de saúde é muito próspero para trabalhar com o Marketing de Conteúdo. Essa estratégia consiste em produzir conteúdos (em vídeo ou texto) para atrair potenciais clientes que fazem pesquisas em diversos tipos de buscadores.

Por exemplo, o Google é a maior fonte de tráfego orgânico do planeta, com mais de 100 bilhões de pesquisas mensais no mundo todo. Só no último mês, por exemplo, foram mais de 1.600 buscas no Brasil para “tratamento contra insônia”. Uma clínica que tenha um profissional que atue com a Ciência do Sono poderia produzir artigos com esse tema e atrair essas pessoas para saber mais sobre os seus tratamentos e atendimentos.

Isso acontece porque o brasileiro é um dos povos que mais se consulta com o “Dr. Google”: cerca de 26% de nós buscam seus sintomas no Google antes de se consultar com um médico.

Assim, ao produzir conteúdo, é possível gerar tráfego constante para a sua clínica e converter parte dessas pessoas em clientes.

3. Tenha uma ação de assessoria de imprensa

O Marketing Médico depende muito da autoridade gerada pela clínica, hospital e até mesmo pelos médicos. Quanto maior a percepção de autoridade que eles possuem em relação ao público, maiores as chances de terem a agenda cheia.

Uma das maneiras mais eficazes para criar essa autoridade é investir em assessorias de imprensa. Na prática, isso significa desenvolver uma relação cordial com veículos de imprensa locais, como jornais, revistas, rádios, podcasts e até estações de TV, para ser consultado em matérias sobre saúde ou, em alguns casos, até conseguir emplacar uma pauta própria no noticiário.

Dessa forma, a sua clínica ou os médicos que trabalham nela serão vistos como autoridades perante o público local, o que aumentará a procura e confiança nos seus serviços.

4. Qualifique seu time no atendimento aos pacientes

O marketing boca a boca sempre foi e será o mais eficaz de todos. Basta ver que sempre que alguém recomenda algum produto ou serviço, seja uma pizzaria, seja qualquer outra coisa, as pessoas tendem a consumir essa indicação.

No setor da saúde, isso é ainda mais poderoso. Tente se lembrar da última vez que alguém recomendou um médico dizendo que “Esse/a doutor/a é bom mesmo!”. Você com certeza marcou uma consulta com esse profissional, mesmo que não tenha gostado do atendimento depois.

Por isso, é essencial garantir uma boa experiência aos seus pacientes, de modo a aumentar as chances de receber indicações. Isso significa não ter filas na recepção, ter tecnologias modernas (teleconsulta, prontuário digital e outros), além de ter médicos pacientes e que fazem um bom atendimento ao público.

5. Faça uma boa gestão para fidelizar clientes

Por fim, lembre-se de que a qualidade da sua clínica afeta muito as recomendações que você pode receber. Ainda que você seja um médico impecável e que cause uma ótima experiência nos pacientes, caso sua clínica esteja suja ou faltando insumos, você não receberá indicações.

Por isso, é essencial ter uma boa gestão focada na fidelização de clientes de modo a ganhar mais recomendações, mas também reduzir os custos do seu marketing. Afinal, conquistar um novo cliente é 5 vezes mais caro do que reter um que já compra com você.

Pronto! Essas são as 5 principais estratégias de Marketing Médico para usar na sua clínica no dia a dia. Perceba como elas atuam em fases diferentes: parte em divulgar seus serviços, outra parte em atrair pessoas e, por fim, em qualificar sua própria clínica para que o boca a boca funcione muito bem no segmento local. Atuando nessas áreas, será possível criar um fluxo estável de pacientes para o seu negócio.

Se você quer aprender como fazer crescer o seu negócio, precisará usar o Business Intelligence para motivar sua tomada de decisões. Entenda como usar essa ferramenta agora mesmo!

Rua Sete de Setembro, 01 - 2º Andar - Kobrasol, São José/SC
CEP. 88.102-030

Produtos

Contato

Contato

comercial@tdsa.com.br

Capitais e regiões metropolitanas

4000-1691

Demais localidades

(48) 3241-6991
(48) 3771-0100

ATENDIMENTO
4000-1691
WHATSAPP
(48) 99641-5711
E-MAIL
comercial@tdsa.com.br
CENTRAL DE VENDAS