fbpx

Adotar medidas de Saúde e Segurança no Trabalho (SST) significa cumprir normas práticas e obrigatórias para que uma organização e seus colaboradores estejam protegidos, diminuindo, ou até mesmo eliminando, os riscos ocupacionais.

Por serem normas regulamentadoras, toda a organização deve estar bem informada sobre elas, evitando, assim, irregularidades. 

Ao longo deste conteúdo, será possível entender o que é a SST e seus principais benefícios. Boa leitura!

O que é SST?

A sigla SST significa Saúde e Segurança no Trabalho, ou seja, uma junção de normas regulamentadoras sobre a prática trabalhista, cujos objetivos são prevenir e reduzir acidentes e doenças no ambiente de trabalho.

Portanto, envolve uma série de medidas que a empresa pode adotar nas atividades diárias, a fim de proteger seus colaboradores, preservando a saúde e os bem-estares físico e mental de cada um.

No Brasil, existem profissionais específicos para garantir que as normas da SST sejam aplicadas corretamente nas organizações. Com sua implementação, é possível compreender a importância de trabalhar focado na segurança e saúde de toda a equipe.

Benefícios que a SST pode proporcionar para as clínicas

As medidas da Saúde e Segurança no Trabalho afetam positivamente a proteção e a integridade dos colaboradores e proporcionam alguns benefícios para a própria clínica. Eles podem ser notados quando as normas são seguidas de maneira correta.

Mais produtividade e engajamento

Quando o funcionário se depara com um local de trabalho seguro, ele automaticamente se sente mais apto em realizar as suas atividades diárias. Isso é refletido na produtividade e no engajamento, afinal ele saberá que a clínica segue todos os padrões para que acidentes ocupacionais sejam evitados.

Redução de custos

A partir do momento que o local de trabalho não tem segurança e as pessoas que ali circulam correm riscos, a clínica está sujeita a consequências negativas, como:

  • maior rotatividade dos funcionários;
  • falta/ausência de colaboradores com justificativas de doenças ocupacionais;
  • alto índice de indenizações aos trabalhadores.

A boa notícia é que, com as ações da Saúde e Segurança no Trabalho, esses problemas são diminuídos, e, automaticamente, os custos são reduzidos.

Credibilidade

As clínicas que promovem condições ideais de trabalho são bem-vistas no mercado e facilmente se destacam em meio aos concorrentes. Além disso, é uma forma de atrair novos talentos para deixar o quadro de funcionários mais completo e efetivo, garantindo aos pacientes um atendimento melhor e mais humanizado.

Saiba quais são os cinco pilares fundamentais para que a SST funcione

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) determinou cinco pilares essenciais para que as normas estabelecidas de Saúde e Segurança no Trabalho funcionem da maneira correta. Confira cada um deles a seguir.

1. Política da empresa

Toda e qualquer instituição tem a obrigação de ter uma política clara sobre a prevenção de doenças e acidentes no ambiente de trabalho. Outro ponto é que todos os funcionários precisam conhecer as normas e, assim, seguir as medidas da forma correta. Uma dica é planejar as ações e divulgá-las para que todos tenham acesso.

2. Organização

As normas só serão seguidas se houver processos bem definidos sobre as ações. Defina cronogramas com exames periódicos, auditorias internas e vistoria do ambiente de trabalho, por exemplo. É fundamental que as medidas de segurança estejam bem organizadas e espalhadas de forma efetiva na sua empresa.

3. Planejamento e implementação de ações de SST

Fazer com que as ações de SST sejam efetivas demanda muito planejamento e ciência de toda a empresa sobre as possíveis mudanças. Isso porque, caso tenha necessidade de inspeção de segurança no local de trabalho, os funcionários daquele setor precisam saber que terão suas atividades interrompidas por terceiros.

4. Avaliação de toda a clínica

Toda a clínica precisa passar por uma avaliação rigorosa, a fim de verificar se existem situações de risco no local em que as atividades de trabalho são exercidas. Essa avaliação serve para analisar se existe a necessidade de novos equipamentos ou processos para ajudar a impedir os acidentes ocupacionais.

5. Ações para melhoria e conscientização contínuas

Rotinas de trabalho devem passar por mudanças ao longo do tempo e, sempre que isso ocorrer, as atividades em questão precisam ser revisadas para garantir se as novas práticas apresentam riscos para os colaboradores. 

A empresa é unicamente responsável por conscientizar toda a equipe sobre o cumprimento das orientações de segurança e o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Zelar pela Saúde e Segurança no Trabalho pode evitar acidentes, além de manter os bem-estares físico e mental dos colaboradores em dia. Mas, para isso, é necessário a união de empresas e funcionários para que todos se conscientizem sobre as medidas de proteção.

Conseguiu entender sobre a importância da SST? Aproveite para ficar por dentro de outros assuntos incríveis!

ATENDIMENTO
4000-1691
WHATSAPP
(48) 99641-5711
E-MAIL
[email protected]
CENTRAL DE VENDAS