fbpx

A correta gestão de um estabelecimento, qualquer que seja ele, é uma atividade muito difícil de ser colocada em prática. Quando o assunto são hemocentros, bancos de sangue e agências transfusionais, que exigem um cuidado extremo, a dificuldade fica ainda maior. É preciso, a todo custo, evitar os problemas na gestão de hemocentros. Mas como fazer isso?

Neste texto, citamos os principais problemas na gestão de hemocentros, além de alguns detalhes sobre eles. E também mostramos como eles podem ser evitados.

Continue a leitura e confira!

 

Quais são os principais problemas na gestão de hemocentros?

 

Falta de padronização ou indefinição dos processos

Muitos são os processos que envolvem a rotina de um hemocentro, recepção das pessoas, cadastro de doadores, expedição, transfusão, entre outros. Quando os processos não estão definidos e devidamente padronizados, muitos problemas podem acontecer.

Entre eles, podemos citar a falta de informações essenciais — como tipo sanguíneo —,  falha no transporte, ou armazenamento, e, nos casos mais graves, até mesmo uma transfusão errada.

 

Baixo nível de segurança no controle das amostras

Depois que as amostras são devidamente coletadas, elas precisam ser armazenadas com segurança. Afinal, a falta de segurança pode fazer com que elas sejam perdidas, extraviadas ou percam a validade antes do prazo esperado.

A perda e o extravio de amostras podem atrasar transfusões importantes, trazendo problemas graves para pessoas que precisam do sangue com urgência. Além disso, a transfusão com uma amostra fora da validade também pode causar consequências altamente perigosas.

 

Dificuldade no controle da qualidade dos serviços internos e externos

Assim como outras empresas, os hemocentros, os bancos de sangue e as agências transfusionais buscam sempre oferecer o melhor serviço possível. Como a saúde das pessoas está em jogo aqui, é ainda mais importante que o trabalho seja de alta qualidade.

No entanto, nós sabemos tudo que envolve a gestão de um hemocentro. Cadastro, triagem, coleta, fracionamento, estoque, expedição e transfusão são apenas algumas das etapas por trás do processo.

Com tanto para se preocupar, o controle da qualidade dos serviços pode acabar ficando de lado, visto que há outras prioridades que devem ser levadas em conta. No entanto, ele também é importante, não podendo ser negligenciado.

 

Faturamento sem automatização

Assim como o controle da qualidade, o faturamento acaba ficando em segundo plano quando consideramos toda a complexidade que os processos feitos por um hemocentro apresentam. É por isso que a falta da automatização dele é um grande problema.

Quando se torna necessário ter uma preocupação maior com este processo, reforços e recursos que poderiam estar sendo investidos em outras ações mais urgentes se tornam mal direcionados e problemas maiores — como os que citamos nos pontos anteriores — podem acontecer.

 

Dados levantados na coleta externa não são enviados via internet

Coleta externa é como chamamos o processo de coleta de sangue fora da unidade do hemocentro, isto é, dentro de uma empresa ou até mesmo em casa. Para assegurar-se de que tudo ocorra da forma mais ágil e eficiente possível, é preciso que os dados levantados sejam enviados através da internet.

Ainda que se saiba da importância disso, não é incomum que o envio de dados pela internet não aconteça — fazendo com que este seja mais um dos problemas na gestão de hemocentros.

 

Como evitar esses problemas?

Você, que atua em um hemocentro, banco de sangue ou agência transfusional, conseguiu identificar algum desses problemas? Já passou por algo parecido em sua rotina e quer saber como evitar que essas situações aconteçam, melhorando consideravelmente a qualidade do serviço oferecido?

Saiba que nós temos a solução! A melhor saída para evitar todos esses problemas, e ainda tornar o hemocentro muito mais eficiente, é contar com um software especialmente desenvolvido para a gestão de hemocentros, bancos de sangue e agências transfusionais.

A TDSA Sistemas oferece este serviço através do RealBlood. Nosso software é a solução ideal para evitar problemas na gestão de hemocentros, entregando funcionalidades que facilitam todas as etapas das rotinas.

Cada módulo foi desenvolvido com o objetivo de atender todas as etapas dessa gestão, além de funcionalidades adicionais como resultados online e confirmação de agendamento. Entre em contato conosco hoje mesmo e veja como o RealBlood pode ajudar a evitar seus problemas na gestão de hemocentros!

 

Caso tenha gostado do texto e queira receber mais conteúdo, acompanhe a TDSA Sistemas no Facebook e no Instagram!

ATENDIMENTO
4000-1691
WHATSAPP
(48) 99641-5711
E-MAIL
comercial@tdsa.com.br
CENTRAL DE VENDAS