fbpx

Há muitos anos o atendimento por planos de saúde é uma opção para médicos de todas as especialidades. A procura dos pacientes por esse tipo de serviço é muito grande, e alguns apenas se consultam com médicos que possuem parceria com algum plano. No entanto, no ponto de vista dos médicos, vale a pena atender por plano de saúde?

A verdade é que ser parceiro de um ou mais planos oferece vantagens e desvantagens, e cabe ao médico avaliar cada uma delas, comparar e analisar o que é mais interessante para ele: atender por plano de saúde ou não. Se você nunca fez essa comparação — ou fez mas continua com dúvidas —, nosso texto abaixo irá te ajudar.

Na sequência, nós mostramos tanto as vantagens quanto as desvantagens de atender por plano de saúde e, por fim, ajudamos a decidir se eles valem a pena ou não, dependendo do momento e dos objetivos de cada médico.

Continue a leitura e confira!

 

Quais são as vantagens de atender por plano de saúde?

A primeira vantagem de atender por plano de saúde é uma que não podemos deixar de citar, além de ser o maior atrativo para que médicos se credenciem aos planos: maior número de pacientes na agenda. A quantidade de pessoas que buscam por atendimentos por planos de saúde é muito maior que a procura por atendimentos no particular, justamente pela questão de preços.

Outro benefício é o aumento da visibilidade. A maioria dos planos funciona por meio de uma espécie de catálogo online, onde os pacientes procuram por médicos de especialidades específicas que atendam em localidades próximas. Com isso, o médico ganha uma plataforma de divulgação a mais, deixando-o ainda mais visível e conhecido.

Por fim, podemos citar também a possibilidade de fazer parte de vários planos de saúde. Os planos não exigem exclusividade dos médicos e, por isso, você pode atender por vários planos se quiser aumentar consideravelmente o número de pacientes. 

 

Quais são as desvantagens de atender por plano de saúde?

Ainda que existam muitos  benefícios, precisamos considerar as desvantagens também. A primeira delas é o preço de adesão. Para começar a atender por plano de saúde, o médico deve desembolsar um certo valor — que muitas vezes é bem alto.

Outro ponto negativo é a remuneração, que é conhecidamente baixa — especialmente quando comparada à das consultas particulares. Alguns planos, inclusive, pagam valores tão baixos que mal cobrem o custo das consultas. É preciso colocar cada valor na ponta do lápis e analisar se, no final das contas, esse tipo de atendimento valerá a pena.

 

No final das contas, atender por plano de saúde vale a pena?

Agora que você já conhece os pontos positivos e negativos, pode avaliar cada um deles e ver o que vale mais a pena para o seu caso específico: atender por plano de saúde ou não. Se você é um médico recém-formado que ainda não possui muitos pacientes, começar a carreira com este tipo de atendimento pode ser uma boa ideia. Assim, você pode se estabelecer no mercado.

Por outro lado, se você prefere priorizar a qualidade do atendimento ao invés de uma maior quantidade de pacientes, talvez a possível sobrecarga dos pacientes oriundos dos planos de saúde pode não ser algo muito bom para o seu caso.

Uma solução sempre muito interessante — e que é o que a maioria dos médicos que optam por atender por plano de saúde fazem — é reservar um espaço da agenda para cada tipo de atendimento. Assim, você consegue ter os benefícios tanto das consultas particulares quanto das consultas por planos.

 

E você, o que achou? Acha que atender por plano de saúde vale a pena? Se tiver gostado do texto e quiser receber mais, não deixe de seguir a TDSA Sistemas no Facebook e no Instagram!

ATENDIMENTO
4000-1691
WHATSAPP
(48) 99641-5711
E-MAIL
comercial@tdsa.com.br
CENTRAL DE VENDAS