fbpx

Doar sangue é um gesto de bondade e solidariedade que as pessoas podem fazer ao seu próximo. Esse é um ato que deve ser motivado pelo amor, já que o sangue é essencial à vida humana. Você poderá se informar sobre como se preparar para doar sangue no hemocentro ou instituição mais próxima em sua localidade.

Serão fornecidos os conhecimentos essenciais às pessoas que desejam realizar essa ação. Confira a seguir as principais informações.

Conheça as informações que você deve saber para se preparar para doar sangue

Para se preparar para doar sangue é necessário compreender que existem requisitos e procedimentos que devem anteceder essa ação. 

Vale pontuar que os requisitos que serão dispostos a seguir devem ser cumpridos de forma obrigatória a fim de que outras pessoas sejam beneficiadas com sua doação. Veja abaixo, algumas informações básicas!

Requisitos para a doação

Os requisitos para a doação de sangue estão definidos para pessoas com idade entre 18 e 69 anos e com peso acima de 50kg, as quais também deverão apresentar documentos oficiais com foto. Os menores de idade também podem realizar a doação, porém todo o processo deve ser acompanhado e supervisionado pelos pais.

Outros requisitos específicos são:

  • estar bem alimentado, e de preferência não consumir alimentos muito gordurosos durante as 3 horas que antecedem a doação;
  • dormir bem antes da doação, no mínimo 6 horas de sono;
  • as pessoas acima dos 60 anos poderão realizar essa coleta desde que já tenham feito isso ao menos uma vez; 
  • a frequência máxima de doação para os homens é 4 vezes ao ano, e para as mulheres 6 vezes ao ano. E o intervalo mínimo entre cada coleta é de dois meses para os homens e três meses para as mulheres. 

Esses são os requisitos mais simples para que a doação seja feita com êxito, porém  existem alguns cuidados que deverão ser cumpridos após a doação de sangue. Você poderá saber melhor a seguir! 

Os cuidados pós-doação

Os cuidados pós-doação de sangue devem ser seguidos com atenção para que não prejudiquem o seu corpo. Essas recomendações devem ser seguidas independentemente se você é novo doador ou um doador de sangue frequente. Os cuidados são:

  • aumentar a ingestão de água;
  • não fumar por no mínimo 2 horas;
  • evitar o consumo de bebidas alcoólicas por no mínimo 12 horas;
  • é indicado manter o curativo no local da coleta por no mínimo 4 horas;
  • os exercícios físicos pesados devem ser suspensos pelas próximas 12 horas seguintes;
  • evite trabalhar em locais altos como andaimes, ou dirigir veículos de grande porte;
  • após a coleta, evite atividades de aventura como paraquedismo ou mergulho, por exemplo. 

Ou seja, realize um certo repouso após a coleta até que o corpo se recupere da quantidade de sangue que foi extraída. 

A seguir, serão dispostas as informações sobre os impedimentos que uma pessoa pode ter para a doação de sangue.

O que não é permitido para a doação de sangue?

Os requisitos mínimos que foram dispostos acima, de certa forma selecionam muito bem quem está disposto a doar sangue. Mas existem alguns casos que são impedidos pelo Ministério da Saúde. Confira alguns deles:

  • ter histórico da doença hepatite contraída acima dos 11 anos de idade;
  • alguma evidência de doenças que são transmissíveis pelo sangue: HIV, doença de chagas, Hepatite B e C, doenças que podem ser associadas ao vírus HTLV I e II e outros tipos que podem ser averiguados no momento do teste que antecede a doação;
  • estar com malária;
  • fazer uso de drogas ilícitas.

Por essa razão devem ser disponibilizados os conhecimentos, pois para se preparar para doar sangue deverá conhecer todos os impedimentos dispostos pelo Ministério da Saúde.

Por esses motivos, se você possui alguma dessas doenças que são impedimentos para a doação, não precisará ir até o hemocentro ou ponto de coleta próximo a você. 

Uma dúvida bem recorrente entre os doadores é que a partir do momento da coleta, o sangue passa por alguns processos até chegar ao destinatário.

Como o sangue é doado após a extração?

Após a coleta de todo o sangue doado, são separados todos os componentes do sangue ( hemácias, plaquetas e plasma) e devidamente analisados por softwares tecnológicos. Após toda a análise ele é disponibilizado aos hemocentros para a designação do tipo sanguíneo de cada destinatário, assim como as suas necessidades de saúde. 

Graças à tecnologia na saúde, hoje é possível salvar muitas vidas com as doações, pois cada vez mais existem tratamentos criados para que todo tipo de sangue seja aproveitado.

Com este artigo, você já sabe como se preparar para doar sangue por meio das informações que foram disponibilizadas. Essa atitude é extremamente necessária e que todas as pessoas devem realizar. Para maiores informações entre em contato conosco!

ATENDIMENTO
4000-1691
WHATSAPP
(48) 99641-5711
E-MAIL
[email protected]
CENTRAL DE VENDAS