fbpx
Central de Vendas 0800 608 0170 comercial@tdsa.com.br
Chamar no WhatsApp

Com a disseminação do covid-19 e todas as medidas para a sua contenção, muitos hábitos de nossas rotinas precisaram ser interrompidos ou drasticamente adaptados. Um exemplo a que podemos nos referir são as consultas médicas — que, em muitos casos, simplesmente não podiam ser deixadas de lado. No entanto, as consultas médicas presenciais perderam o seu espaço — por motivos de segurança —, o que fez a teleconsulta ser uma prática cada vez mais comum.

Apesar disso, o que temos observado nas últimas semanas é a retomada de praticamente todas as atividades que eram exercidas nos dias pré-pandemia — ainda que com cuidados muito maiores. Com isso, vem a questão: as consultas médicas presenciais já são seguras novamente? E é exatamente sobre este assunto que nós falamos neste texto.

Na sequência, nós mostramos um pouco a respeito de como foi a suspensão das consultas médicas presenciais no início da pandemia, comparamos o tipo convencional de consulta à telemedicina e, por último, listamos os principais cuidados para a retomada de consultas médicas presenciais.

Boa leitura!

 

A suspensão das consultas médicas presenciais

No dia 17 de março, data em que o vírus do covid-19 estava começando a se espalhar pelo país e alguns estados já estavam aplicando as primeiras medidas de quarentena, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou uma orientação em seu site na qual trazia uma orientação: consultas, exames e cirurgias eletivas (não urgentes) deveriam ser adiados e remarcados para tempos mais seguros.

Ainda segundo a ANS, quem não quisesse perder suas consultas e tivesse como tê-las em outros formatos poderia usar “tecnologias que possibilitem, de forma não presencial, a troca de informações para diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças”. Em outras palavras, o conselho foi que as consultas médicas presenciais fossem substituídas por teleconsultas.

A publicação na íntegra pode ser acessada através deste link.

 

Consultas médicas presenciais x Teleconsultas

Com as consultas médicas presenciais tendo sido suspensas, tanto para a segurança dos pacientes quanto dos médicos, aqueles que podiam recorreram às teleconsultas. Ainda que elas não sejam a mesma coisa, muitas questões menores ou não urgentes podem ter uma resolução através delas.

Foi com isso em mente que médicos passaram a atuar com teleconsultas, planos de saúde facilitaram a cobertura para este tipo de atendimento e softwares de gestão clínica incluíram e fizeram constantes melhorias em módulos específicos para auxiliar médicos e pacientes nas consultas à distância (incluindo o RealClinic).

Tudo com um objetivo principal em mente: aumentar a segurança das pessoas e ajudar no combate à transmissão do vírus do covid-19.

Contudo, as consultas presenciais continuam sendo necessárias em diversos casos, e em alguns deles indispensáveis. Portanto, se o diagnóstico ou tratamento precisar da presença física do médico e do paciente, a melhor alternativa é que ela seja feita sim. 

Por outro lado, deve-se deixar bem claro: todo cuidado aqui é pouco. Sabemos que o vírus é altamente contagioso, e várias medidas específicas devem ser tomadas para diminuir as chances de transmissão.

 

Cuidados para as consultas presenciais

Algumas das principais medidas são aquelas que já estamos acostumados a ver as maiores autoridades de saúde do mundo, incluindo a OMS, recomendarem:

  • Constantemente lavar muito bem as mãos com água e sabão, esfregando todas as partes das duas mãos;
  • Quando não for possível lavar com água e sabão, passar álcool em gel 70%;
  • Estar o tempo inteiro de máscara;
  • Evitar levar acompanhante;
  • Chegar apenas no horário da consulta (no máximo 15 minutos antes);
  • Deixar os documentos para check-in na clínica já separados;
  • Evitar permanência em ambientes fechados e com ar condicionado;
  • Assegurar-se de que a sala do médico esteja sempre com as janelas abertas;

 

Cada uma dessas medidas é essencial para atendimentos médicos. É importante também que os pacientes higienizem as mãos tanto ao entrar quanto ao sair da clínica e os médicos façam o mesmo sempre que um novo paciente entrar no consultório.

 

E, com as consultas médicas presenciais retornando, não há nenhuma solução melhor para a gestão do estabelecimento que o RealClinic, o software para clínicas da TDSA Sistemas! Ele conta com funções diferenciadas que ajudam imensamente na rotina de uma clínica. Veja a página do RealClinic aqui e confira todas as funcionalidades do sistema!

E se gostou deste texto e quer receber mais, não deixe de acompanhar a TDSA Sistemas no Facebook e no Instagram!

Rua Sete de Setembro, 01 - 2º Andar - Kobrasol, São José/SC
CEP. 88.102-030

Produtos

Contato

Contato

comercial@tdsa.com.br

Florianópolis

(48) 3241-6991

Rio de Janeiro

(21) 4062-7584

comercial@tdsa.com.br

São Paulo

(11) 4063-0845

Salvador

(71) 4063-9313

Porto Alegre

(51) 4063-7132

Brasília

(61) 4063-7839