fbpx
Central de Vendas 0800 608 0170 comercial@tdsa.com.br
Chamar no WhatsApp

Nós nunca seremos capazes de ver quando um imprevisto está prestes a acontecer. Neste ano, fomos pegos de surpresa pela pandemia do covid-19. Nos próximos anos, quem sabe? É exatamente por não sabermos o dia de amanhã que nós devemos estar sempre prontos para o pior. Uma das melhores formas de se preparar é, sem dúvidas, ter a saúde financeira da sua clínica em dia.

Como a maioria das clínicas é administrada pelos próprios médicos, muitas vezes o aspecto financeiro é deixado um pouco de lado. Afinal, os profissionais precisam dedicar seu tempo a outros fatores — e o financeiro pode, a princípio, não parecer ser tão importante assim. A verdade, porém, é que ele deve receber tanta atenção quanto outros pontos, se não mais.

Sem uma ótima saúde financeira, a probabilidade de que problemas e situações imprevistas atinjam a clínica com mais força é muito grande. Foi pensando nisso que nós preparamos o texto abaixo. Nele, você poderá acompanhar 5 dicas para aumentar a saúde financeira da sua clínica e estar sempre pronto para imprevistos.

Boa leitura!

 

Saiba como melhorar a saúde financeira da sua clínica

 

1. Tenha suas finanças muito bem organizadas

A organização das finanças é o primeiro passo para melhorar a saúde financeira da sua clínica. Tendo um hábito de organização bem definido e aplicado, é possível perceber todo tipo de variação na curva das finanças da clínica.

Por outro lado, nós sabemos que a organização das finanças pode não ser algo fácil — especialmente no caso de clínicas grandes e que já têm um certo tempo de mercado. A boa notícia, por outro lado, é que você sempre pode contar com a ajuda de softwares específicos para organizar a saúde financeira da clínica.

O RealClinic é um exemplo. Nosso sistema para gestão de clínicas possui uma lista de recursos voltados ao controle financeiro. Segue alguns dos recursos disponíveis: controle de caixa, relatórios financeiros, controle de orçamentos, fluxo de caixa diário e mensal e muitos outros.

 

2. Avalie todos os custos

Toda clínica tem gastos fixos e variáveis. E, ainda que eles sejam essenciais para manter as operações funcionando da forma ideal, muitos deles acabam sendo muito mais altos que o necessário. Uma consequência positiva da organização das finanças é a possibilidade de avaliar cada um desses custos.

Depois que todos eles forem avaliados, certamente você encontrará algum que pode passar por uma reavaliação. Ele é realmente necessário? Como podemos diminuir um gasto como esse? Aos poucos, os custos podem ser  reduzidos e, consequentemente, o lucro aumenta.

 

3. Aposte em soluções para aumentar os ganhos

A avaliação dos custos é o primeiro passo para melhorar a saúde das finanças. O segundo é, por lógica, aumentar os ganhos. A combinação dos dois é a fórmula perfeita para fazer os lucros dispararem e a saúde da clínica ficar melhor que nunca.

Uma forma eficiente de melhorar os ganhos é aumentar levemente o ticket médio da clínica. Ainda que os valores por consulta ou exame aumentem pouco, a soma de atendimentos no final do mês fará o lucro ser considerável.

Outra maneira é buscar mais pacientes — talvez apostando no investimento em marketing. Quanto mais pacientes estiverem sendo atendidos, mais dinheiro estará entrando ao caixa e melhor a saúde financeira da clínica estará.

 

4. Não tenha medo de investir

Lembra que acabamos de citar o investimento em marketing? Mesmo que não seja a única possibilidade, ele é uma ótima chance de trazer resultados incríveis. Basta atuar com ações eficientes e contar com a parceria de alguém que faça um trabalho muito bem feito.

Mais um investimento interessante para clínicas é em equipamentos de ponta. Atuando com esse tipo de equipamento, o aumento do ticket médio que também citamos anteriormente é algo que passa a ser justificado. Afinal, as consultas e os exames ficarão mais sofisticados.

 

5. Use tudo isso para criar uma reserva de emergência

Por fim, o ponto que une todos os anteriores. No início do texto, nós relacionamos a saúde financeira com a preparação para imprevistos. É preciso estar preparado; assim, quando os imprevistos vierem, os impactos na atuação da clínica serão muito menores.

Depois que todas as dicas forem aplicadas, os gastos estiverem bem menores e os ganhos maiores, uma boa ideia é usar o dinheiro “sobrando” para criar uma reserva de emergência. Com ela, os efeitos de problemas diversos serão muito menores.

 

E aí, gostou das dicas para aumentar a saúde financeira da clínica? Caso tenha gostado do texto e queira continuar recebendo conteúdo, não deixe de acompanhar a TDSA Sistemas no Facebook e no Instagram!

Rua Sete de Setembro, 01 - 2º Andar - Kobrasol, São José/SC
CEP. 88.102-030

Produtos

Contato

Contato

comercial@tdsa.com.br

Florianópolis

(48) 3241-6991

Rio de Janeiro

(21) 4062-7584

comercial@tdsa.com.br

São Paulo

(11) 4063-0845

Salvador

(71) 4063-9313

Porto Alegre

(51) 4063-7132

Brasília

(61) 4063-7839